Auto estima de super herói.

Essa foi a minha lição preferida! O começo de uma lesão é sempre muito complicado emocionalmente, por mais que eu sempre precise de férias, férias forçadas são uma merda! Eu não sou uma pessoa super balética, mas assim que eu estou machucada eu morro de saudades de dançar (coisa que nunca acontece nas férias) e a impressão é que você está perdendo toda a diversão. Parece que o professor esperou o ano todo você se machucar para dar aulas maravilhosas, e cada passo de coreografia sendo criado seria perfeito para o seu corpo se você pudesse estar fazendo assim como todo mundo. É loucura pura, eu sei! Mas juro que é assim que a gente se sente! Você também tem certeza absoluta que o seu caso vai ser a excessão da ragra, e que a sua recuperação vai acontecer  miraculosamente do dia para a noite.

Aí vem a próxima decepção, quando você finalmente pode voltar a trabalhar, surpresa, você não está mais no nível que você estava a meras duas semanas atrás, deveria ser óbvio, mas não é….

Então você continua empurrando com a barriga até o ponto em que dançar ainda é uma luta (para mim sempre vai ser) mas é aquela luta familiar, que você conhece há anos, e aí que as coisas começam a melhorar.

Agora você tem uma desculpa para não ser tão boa como deveria, e eu não estou falando de uma desculpa para os outros, mas para você mesma. Bem lá no fundo você sabe que já voltou para a forma de sempre, mas de repente, você põe a culpa de todas aquelas tropicadinhas mais que íntimas na mais nova recuperada lesão. Você se convence que esses errinhos são consequências do medo de se machucar novamente e falta de auto estima, e de repente, tudo é possível. Você se convence que se trabalhar o suficiente ainda pode ser a próxima Marianela, é loucura, claro, mas é o tipo de loucura boa, que impulsiona e te dá motivação.

Como Bailarina profissional motivação é essencial, é o que te faz sair da cama todo dia na pontinha dos pés, não por que me sinta como uma princesa da Disney e só ande na pontinha dos pés, mas porque de manhã a tendinite ataca e meus calcanhares levam uma meia hora para fazer amizade com o chão.

Aproveite esse sentimento, e tente se prender a ele o máximo possível, quem sabe, você realmente é a próxima Marianela.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s